PM salva mulher de marido violento

Uma mulher ligou para o telefone 190 da Polícia Militar pedindo socorro, porque o companheiro a ameaçava e não deixa sair de casa, na Vila Alvorada., em Jundiaí.

Segundo o COPOM a solicitante ligou pedindo socorro, pois ela estava em cárcere privado juntamente com sua filha de 4 meses.

Em um momento de distração do autor a solicitante, de 21 anos, conseguiu ligar para o 190.

Ao perceber que a esposa ligou para a Polícia Militar ele informou que ela não iria sair de lá e caso a polícia chegasse ele a mataria e pegou uma tesoura para ameaçá-la.

A mulher já havia sido agredida pelo autor que a tentou asfixiar e a agrediu com socos e objetos.

Com a chegada das equipes que conseguiram acessar o quintal da residência, iniciou-se uma breve negociação, porém o autor, de 23 anos, se mostrou irredutível.

O autor ostenta passagem criminal por tráfico de entorpecentes. Em um momento de vacilo do autor, quando ele se aproximou da solicitante, as equipes conseguiram adentrar e realizar a abordagem retirando a tesoura de sua mão.

Autor e vítimas apresentados no plantão policial de Jundiaí onde ele permaneceu à disposição da Justiça.

Trabalharam na ocorrência os soldados Giacomin e Alberto, com apoio do Comando de Força Patrulha com o tenente Iuri e soldado Carlos, mais o Comando de Grupo Patrulha II com tenente Bedani e cabo Monteiro.

Pela Força Tática foram o sargento Libert, cabos Paulo e Keidiel.

Da Rocam foram os cabos Reis, Quirino e soldado Garcia.