Jundiaiense preso pela PF com R$ 760 mil

A Polícia Federal prendeu um morador da Vila Hortolândia, em Jundiaí, carregando junto com outros cinco homens a quantia de R$ 760 mil.

O acusado de associação criminosa já tem passagens criminais, tendo sido preso anteriormente em roubo a banco em Minas Gerais.

Dessa vez houve assalto ao Banco do Brasil na cidade de Teixeira de Freitas, na última sexta-feira (29).

O jundiaiense tentava embarcar em um voo da Gol no Aeroporto de Porto Seguro, quando foi preso juntamente com outros integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC).

Segundo a Polícia Federal a prisão foi possível porque a companhia aérea suspeitou do pagamento das passagens em dinheiro e informou o posto policial do Aeroporto.

Nas malas dos averiguados foram encontradas as cédulas de dinheiro que totalizaram R$ 760 mil.

No dia do roubo a quadrilha abriu um buraco na parede da agência do Banco do Brasil e desarmou os alarmes.

O delegado da Polícia Federal, Carlos Cristiano Tenório, disse que a partir do pagamento das passagens em dinheiro o serviço de inteligência da PF passou a monitorar o grupo, esclarecendo o crime.