Corpo de piloto que saiu de Jundiaí é levado ao IML

O Corpo de Bombeiros localizou o corpo do piloto Mathias Room, vítima da queda de aeronave, na Serra da Cantareira, região norte da capital paulista.

O avião decolou de madrugada do Aeroporto de Jundiaí a caminho do Campo de Marte, em São Paulo, mas não chegou ao seu destino.

Os restos mortais do piloto foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML).

Na ação, as equipes de resgate também conseguiram a caixa-preta do avião acidentado.

A ocorrência, atendida pelo 2º Grupamento de Bombeiros de São Paulo, contou com 11 viaturas e 27 bombeiros.

A Aeronáutica solicitou apoio após perceber, pelo radar, a ausência do sinal de uma aeronave na região.

O Helicóptero Águia, da Polícia Militar, confirmou a queda da aeronave.

Pilotos ouvidos pelo “Jornal da Região” afirmaram que o colega Mathias era muito experiente e foi prejudicado por informações erradas.

O mau tempo, com neblina intensa, prejudicou o voo por instrumentos.

Os pilotos lamentaram a perda do colega.