MP abre Inquérito contra a Alphaville

O promotor do Ministério Público de Jundiaí, doutor Fabiano Pavan Severiano, instaurou Inquérito contra a empresa Alphaville Urbanismo.

No processo foi anexada reportagem do “Jornal da Região” do protesto realizado por compradores em frente ao Paço Municipal.

Os consumidores foram atraídos por propaganda da empresa do empreendimento Alphaville no bairro Terra Nova, com previsão de entrega em março de 2018.

Porém, a Alphaville iniciou as vendas sem cumprir exigências de Impacto ao Sistema Viário no trevo da Avenida 14 de Dezembro, conforme processo da AutoBAn e Agência Reguladora de Transportes (Artesp).

Diante do protesto realizado pelos compradores e como defensor dos direitos do consumidor, o promotor ingressou com o inquérito.

A Alphaville tem prazo de cinco dias para apresentar defesa ao Ministério Público de Jundiaí.

Vários compradores relataram que tiveram prejuízos financeiros por causa da não liberação do empreendimento imobiliário.

A Alphaville informa que entrou na Justiça contra a AutoBAn para ter o direito de liberar o empreendimento.

A AutoBAn explicou que o empreendedor vendeu lotes sem realizar as obras viárias para evitar transtornos aos usuários da Via Anhanguera. Como concessionária do Governo do Estado tem de zelar pela segurança dos usuários.

Foto: Motoboy Xororó