Golpistas “espalham” notas falsas na região

Comerciantes de Jundiaí, Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista e Jarinu estão recebendo grande quantidade de notas falsas de R$ 100,00. De acordo com relatos de comerciantes em um grupo de WhatsApp, os golpistas são dois homens e duas mulheres. Eles já repassaram as fotos das duas mulheres para colegas, para acionarem a Polícia Militar quando elas aparecerem, para a realização de flagrante.

No último dia 8, em Jarinu, a Polícia Militar apreendeu cerca de R$ 15 mil em dinheiro falso com um ajudante, no bairro Bom Retiro. O motorista que não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH) fugiu de abordagem da viatura e quando foi detido explicou que tinha grande quantidade de dinheiro falso.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) vem tentando descobrir a “fábrica” do dinheiro falso. A orientação é para que os comerciantes denunciem as pessoas que chegam com cédula falsa, para que seja feito um trabalho de apuração da origem. Assim, todos colaboram para evitar mais golpes.

As ligações devem ser feitas no telefone 190 ou na delegacia de Polícia Civil mais próxima.

Alguns comerciantes estão avisando os funcionários que trabalham nos caixas de que eles serão responsáveis pelos prejuízos, devendo reembolsar a loja, se não conferirem as cédulas apresentadas pelos golpistas.