Avião que saiu de Jundiaí caiu na Bahia

Um avião Cessna C 550 – fabricado em 1981 -, de prefixo PT- LTJ, do empresário José João Abdalla Filho, que saiu de Jundiaí na manhã desta quinta-feira (14) caiu na cidade de Maraú, na Bahia, no meio da tarde. O avião transportava 10 pessoas. Uma mulher morreu e as demais pessoas que estavam dentro sofreram queimaduras e foram socorridas para hospitais de Salvador.

Segundo a TV Bahia, o piloto que é morador de Jundiaí, chegou a tocar o solo antes da pista, como se estivesse realizando um pouso de emergência.

O coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Salvador, o médico Ivan Paiva, disse que foram socorridas com queimaduras uma criança, três mulheres e cinco homens. Dentre eles o piloto de Jundiaí.

Pilotos ouvidos pelo “Jornal da Região” garantem que o comandante da aeronave é super experiente e competente. “Ele é o número 1 do Brasil nesse tipo de jato”, disse um amigo.

O coordenador do SAMU explicou que conversou com as vítimas e quatro delas estão bem, apesar das queimaduras. Outras pessoas devem passar por cirurgias.

As vítimas mais graves foram transportadas pelo SAMU para o Hospital Geral do Estado (HGE).

Os passageiros que embarcaram em Jundiaí estavam a caminho de um casamento.

Segundo a Aeronáutica, o avião estava com todas as revisões em dia e dentro das normas técnicas.

Um pescador que estava nas proximidades fez imagens da aeronave pegando fogo.

O avião de Jundiaí, que caiu na Bahia

 

Relação das Vítimas

Fatal – Marcela Brandão Elias, de 37 anos – Jornalista

Maysa (irmã de Marcela) e casada com Eduardo Mussi (irmão de deputado federal)

Eduardo Trajano Telles Elias

Eduardo Brandão (filho de Marcela)

Cristiano Rocha

Marcelo Constantino Alves

Marie Cavelan

Fernando Oliveira

Aires Napoleão Guerra (piloto de Jundiaí)