Acupuntura ameniza sintomas de pacientes oncológicos

Utilizando um dos mais antigos métodos terapêuticos como forma de tratamento alternativo, duas voluntárias do projeto Oncopultura, estiveram no Hospital São Vicente de Paulo (HSV) para participar das ações do “Outubro Rosa”. Organizado pelo Instituto de Oncologia Marcello Fanelli em parceria com a instituição, o evento ofereceu diversas atividades ao longo da semana.

As profissionais aplicaram nas pacientes a técnica de acupuntura chamada auriculoterapia, que consiste na estimulação de pontos nas orelhas, onde todo o corpo é representado por um “mapa”. “O procedimento é feito com sementes e tem resultado imediato. O objetivo é suavizar os sintomas que a quimioterapia causa, como náuseas, fadiga, baixa imunidade, medo e ansiedade”, explica a acupunturista e homeopata, Fernanda Medrano.

Em tratamento há cinco meses, a paciente Emilia Emico Hono, de 69 anos, conta sua experiência e fala como é participar de ações voltadas para a conscientização do câncer de mama. “Foi um choque descobrir a doença. Já fiz a cirurgia e agora é só continuar o tratamento na quimioterapia e radioterapia. Estou muito emocionada, essas atividades levantam nosso astral de um jeito inexplicável”.

“Nós contamos também com o apoio da ONG Coração Fraterno de Itupeva, que confecciona almofadas de apoio para o braço após a retirada da mama. É gratificante demais estar aqui, aliviando um pouco da dor e transformando o dia delas”, finaliza Fernanda.