Jundiaí será polo de Farmácia de Alto Custo

Os preparativos para Jundiaí receber um polo de atendimento da Farmácia de Alto Custo estão em andamento pela Prefeitura de Jundiaí. Nesta semana, parte dos técnicos municipais receberam treinamento para o uso do sistema específico da Secretaria de Estado da Saúde que será implantado – a partir da celebração de convênio entre os dois entes -. Outras modificações e implantações também estão sendo disponibilizadas para a recepção do serviço, que terá como objetivo principal reduzir as faltas das medicações de A primeira apresentação do sistema de gestão de estoque foi realizada nesta semana. “Assim que o convênio for celebrado, o software será disponibilizado para a Farmácia Central – Unidade Marechal, para o atendimento e gerenciamento do estoque local. Para garantir melhorias efetivas, outras ações estão sendo feitas em conjunto, como adequação de estruturas, como a instalação de senhas digitais e a organização do atendimento conforme o tipo de solicitação. Desta forma, a pessoa, a partir da triagem, será encaminhada para o guichê correto, seja para novos processos, renovações ou atendimento contínuo. A divisão reduzirá o tempo de espera. Outra vantagem é que, ainda na triagem a pessoa saberá se o medicamento que ela busca está disponível”, explica o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde, Tiago Texera.

No mês de setembro, o Prefeito Luiz Fernando Machado esteve reunido com o secretário de Saúde e os gestores de Promoção da Saúde e de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi, com o secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, em busca da aprovação do espaço. “Jundiaí conta com 9 mil pacientes que recebem as medicações adquiridas e disponibilizadas pelo Estado. Trazer o polo para Jundiaí favorecerá o atendimento da população, acelerando o atendimento e reduzindo as faltas, que causam gargalos ao atendimento. A Saúde, desde o início da gestão, é nossa prioridade”, ressalta.