GAECO inicia operação contra os bingos

O Ministério Público, por meio do GAECO, anunciou nesta terça-feira (22) o início de uma grande operação contra as casas de jogos de azar, os bingos, que são mantidos por facções criminosas.

A Polícia Militar e o Ministério Público deflagraram uma operação para desarticular uma rede de exploração de jogos de azar. Durante as atividades de campo, que cumpriram mandados de prisão e de busca e apreensão, sete pessoas foram presas em diversos pontos da capital paulista.

Também foram cumpridos 101 mandados de busca, sendo 42 em casas de jogos de azar e os demais nas residências de envolvidos.

As atividades ainda recolheram 2.576 máquinas de vídeo bingo, mais de dez armas, munições químicas, coletes balísticos e mais de R$ 200 mil, U$ 10 mil e £ 200 em dinheiro.

As diligências contaram com o empenho policiais militares da Corregedoria e do Comando de Policiamento de Choque (CPChq), com auxílio de cães. Além disso, houve a participação de agentes do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco).

A operação terá prosseguimento pelo Interior do Estado.

Em Jundiaí existe um bingo que já recebeu várias notificações da Prefeitura de que está funcionando irregularmente.