Celulares entram no “Horário de Verão”

Muita gente acordou neste domingo (20) com os relógios dos celulares adiantados em uma hora, no “Horário de Verão”. O leitor Marciel Jolo ficou surpreso, já que a companhia de telefonia deveria ter seguido o decreto do presidente Jair Bolsonaro, acabando com a mudança dos relógios.

O Google publicou um anúncio oficial em seu blog, na sexta-feira (18), recomendando que usuários de Android no Brasil alterem as configurações automáticas de data e hora.

Segundo a empresa, isso deve ser feito para não correr o risco de se perder na hora neste domingo, caso os telefones atualizem para o horário de verão, que não está mais em vigor no país.

O horário de verão do brasileiro deveria acontecer entre este sábado (19) e domingo (20), com os relógios sendo adiantados em 1 hora, mas foi revogado pelo presidente Jair Bolsonaro, em um decreto assinado em abril.

Para mudar a hora entre em Configurações / Data e Hora e depois desabilite a Atualização Automática.

Segundo o Google alguns aparelhos que usam o sistema Android também devem mudar para o “Horário de Verão” em 3 de novembro, como ocorreu no ano passado, por falta de atualização e ainda em fevereiro de 2020, quando acabaria o “Horário”.

Nas redes sociais teve gente que comentou que essa mudança foi feita “para sabotar o presidente Jair Bolsonaro“, autor do fim do “Horário de Verão”.

Foram muitos os leitores que relataram terem acordado uma hora mais cedo com o despertador do celular.

Para ver a Hora Certa clique aqui