Terminal Vila Arens tem setor de Achados e Perdidos

A Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte oferece aos usuários dos ônibus urbanos de Jundiaí um setor de Achados e Perdidos, que funciona desde julho de 2017 no Terminal Vila Arens – na Av. União dos Ferroviários – e recebe documentos, cartões bancários, vale-transporte, óculos escuros e de grau, celulares e outros itens esquecidos nos 310 veículos que rodam pela cidade todos os dias ou nos sete terminais urbanos. Nem todos os cidadãos sabem deste serviço, que em 2019 vem registrando uma média diária de oito artigos localizados e cadastrados. Metade deles é devolvida ao dono e três acabam descartados ou doados.

A munícipe Cida Barbosa Leite Figueiredo reside no Nova Cidade Jardim II. Ela tinha informações a respeito do Achados e Perdidos, mas pensava que os produtos encontrados fossem repassados do Terminal Vila Arens aos demais terminais de Jundiaí, justamente ao contrário do que acontece. “Eu nunca precisei dele, mas o serviço é bem bacana. Quem perde documentos, por exemplo, gastará menos tempo e dinheiro para vir para a Vila Arens checar se seu RG ou carteira profissional está na central, se comparado ao gasto que teria para tirar a segunda via no Poupatempo”, destacou Cida.

De janeiro até metade de outubro deste ano, foram cadastrados 2.242 produtos no Achados e Perdidos, 1.052 acabaram entregues a seus donos e outros 925 encaminhados para descarte e adoção. Atualmente, estão arquivados 274 artigos, número que chegou a 400 em setembro de 2019 e 318 em agosto. Pessoas que utilizam o sistema de transporte coletivo de Jundiaí e perderam algum item pessoal nos ônibus ou nos terminais devem procurar o Achados e Perdidos e verificar se seu bem foi encontrado. Tudo que chega à central do serviço é recebido e cadastrado, permanecendo disponível para retirada por 30 dias.

Segundo a Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte, 56,2% dos itens recolhidos de ônibus e terminais e cadastrados na central do serviço, no Terminal Vila Arens, são documentos pessoais. Outros 42,2% são cartões bancários. Entre os artigos “diferentes” achados e registrados, estão bengalas e muletas, que foram doadas a instituições.

“Este é mais um serviço que prestamos aos usuários do transporte público da cidade, seguindo as diretrizes do programa “Mobilidade Total”, da Prefeitura de Jundiaí, que inclui a revisão das 87 linhas do transporte coletivo e a colocação de GPS e câmeras de monitoramento em 100% dos ônibus”, destaca a diretora da unidade, Ana Paula Silva de Almeida.

 

Orientações

Há algumas orientações para a retirada do produto achado ou perdido da central instalada na Vila Arens. No caso de documentos pessoais, o titular deverá apresentar um documento com foto, boletim de ocorrência e a citação verbal do documento. Com relação a objetos eletrônicos (celulares, tablets ou notebooks) será necessário o desbloqueio da senha do equipamento e, para outros pertences, a comprovação ocorrerá pela descrição dos artigos.

O atendimento no Terminal Vila Arens funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações do Achados e Perdidos podem ser obtidas pelo telefone (11) 4587-8832