Ladrão morto em confronto ostentava o crime

Um dos envolvidos em confronto com soldados da Polícia Militar, que morreu em Campo Limpo Paulista, durante flagrante de desmanche de três motos roubadas, ostentava a profissão de ladrão nas redes sociais. Ele chegou a comentar em uma postagem que a “loka” chamava ele de amor, mesmo tendo cara de “bandido”.

Nas pesquisas realizadas pela Polícia Militar, aparecia um flagrante contra o rapaz de março deste ano, quando ele usava um simulacro de arma de fogo para roubar moto no bairro da Vila Arens.

Na época a Justiça soltou o rapaz para responder processo em liberdade.

Dessa vez, com o confronto, ele acabou morrendo.

Na foto, a moto recuperada por soldados da Polícia Militar.