Casa da Fonte recebe título de utilidade pública municipal

A Associação Socioeducacional Casa da Fonte foi declarada de utilidade pública durante sessão da Câmara Municipal de Jundiaí desta terça-feira (15). O Projeto de Lei 12.867/2019, de autoria do vereador Edicarlos Vieira, foi aprovado por unanimidade.

Um vídeo com o trabalho desenvolvido pela entidade foi apresentado no plenário da Câmara. Um grupo de funcionários e colaboradores da Casa da Fonte e o diretor da Companhia Saneamento de Jundiaí (CSJ), Luiz Pannuti, também fizeram questão de acompanhar a votação.

A professora Maria Cristina Castilho de Andrade, diretora superintendente da entidade, se emocionou ao falar sobre o trabalho. Ela também foi homenageada pelo vereador Edicarlos com uma flor, por conta do Dia do Professor. “A aprovação da lei mostra que o trabalho realizado pela Casa da Fonte torna-se um exemplo, que pode ser difundido pela cidade toda na área socioeducacional. E que mais empresas poderiam ter essa proposta, como a Companhia Saneamento de Jundiaí”.

No ano passado, a Casa da Fonte homenageou o artista italiano Inos Corradin com uma apresentação no Teatro Polytheama. Mais de 200 crianças se apresentaram com danças, teatro, música e poesias ressaltando as obras de Inos.

Para Edicarlos, a declaração de utilidade pública é mais do que merecida.  “Nada mais é do que o reconhecimento pelo grande trabalho realizado no Vetor Oeste, mais especificamente no Jardim Novo Horizonte. A Casa da Fonte contribui diretamente para o bem e para o crescimento pessoal e profissional da nossa comunidade”.

 

Histórico

A Casa da Fonte é uma associação socioeducacional sem fins lucrativos patrocinada pela Companhia Saneamento de Jundiaí e recebe diariamente crianças e adolescentes no contraturno escolar, com atividades diferenciadas e a ampliação de horizontes.

Jovens e adultos também são assistidos em cursos semiprofissionalizantes e de geração de renda, que visam a ampliação do orçamento doméstico. Por mês, são atendidas 300 crianças e adolescentes, além de 130 jovens e adultos.