Inscrições para a Fatec começam nesta terça

A partir desta terça-feira (15), as Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado de São Paulo abrem as inscrições do processo seletivo para o primeiro semestre de 2020, exclusivamente pela internet. O prazo termina no dia 11 de novembro.

Em todo Estado, serão oferecidas 15.605 vagas, distribuídas entre as 73 Fatecs. A prova será realizada no dia 8 de dezembro.

Entre as novidades do Vestibular estão três novas graduações: Ciência de Dados, na Fatec Ourinhos; Gestão da Qualidade, Fatec Lins; e Design de Produto com ênfase em Processos de Produção e Industrialização, na Fatec Tatuapé.

O candidato que pretende disputar uma vaga no Vestibular precisa ter concluído ou estar cursando o Ensino Médio ou equivalente, desde que, no ato da matrícula, comprove a conclusão do curso.

As inscrições devem ser feitas pela internet de 15 de outubro até 15h do dia 11 de novembro. Para se inscrever, é necessário preencher a ficha de inscrição e o questionário socioeconômico, imprimir o boleto e pagar a taxa no valor de R$ 70 (em dinheiro) em qualquer agência bancária ou por meio da ferramenta getnet (pagamento com cartão de crédito), disponível na internet.

No ato da inscrição, é possível escolher um curso em primeira opção e colocar como segunda opção: o mesmo curso de primeira opção em outro período na mesma Fatec; ou o mesmo curso de primeira opção oferecido em qualquer período de outra Fatec; ou ainda qualquer curso com o mesmo conjunto de disciplinas prioritárias (a relação dos cursos estará no site do Vestibular no momento em que o candidato for definir a segunda opção), em qualquer Fatec e período.

O candidato com deficiência, que precise de condições especiais para fazer a prova, deve mencionar a necessidade na ficha de inscrição eletrônica. Será necessária a apresentação de laudo médico, emitido por especialista, até 15h do dia 11 de novembro.

O Manual do Candidato, que traz todas as datas, normas e orientações para o processo seletivo, estará disponível no site para download.

Inclusão

O Sistema de Pontuação Acrescida concede bônus de 3% a estudantes afrodescendentes e de 10% a oriundos da rede pública. Caso esteja nas duas situações, o aluno recebe 13% de bônus.

É indispensável que o candidato verifique se realmente tem direito à pontuação acrescida, pois a matrícula não poderá ser realizada e a vaga será perdida caso as informações não atendam às condições estabelecidas na totalidade.