PM liberta vítima de sequestro, estupro e roubo

Policiais militares que realizavam uma blitz na Ponte São João, em Jundiaí, libertaram uma mulher que foi vítima de sequestro, estupro e roubo.

A vítima tinha ido até a avenida Giustiniano Borin, na região da Vila Aparecida, na madrugada deste sábado (12) para levar uma amiga de volta para casa.

No caminho a sua residência, ela foi rendida por um bandido. Ele simulou estar armado com revólver, obrigando a mulher a fazer tudo o que queria. Disse que iria nos caixas eletrônicos sacar todo dinheiro dela.

No bairro da Ponte São João, os sargento Johnney e soldado Rodrigues observaram a atitude estranha do “motorista” do carro e ele não obedeceu a ordem de parada.

Houve acompanhamento com pedido de apoio de outras viaturas. Na avenida Antenor Soares Gandra, próximo ao Terminal da Colônia, o carro foi parado.

A mulher saiu correndo do veículo e foi em direção aos policiais para pedir socorro. Ela contou em detalhes que estava sob ameaça.

Após verificarem os documentos do homem, os policiais descobriram que ele já tinha passagem por latrocínio – roubo seguido de morte.

Posteriormente o homem foi levado para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, onde permaneceu à disposição da Justiça.

Foram no apoio da ocorrência o tenente Luís Carlos, do Comando de Força de Patrulha; além das viaturas do 49º Batalhão, de números 104, 103 100 e 1009.