Avó é presa por abusar da neta de 4 anos

A Polícia Militar de Jundiaí prendeu uma avó de 44 anos acusada de abusar sexualmente da neta de apenas 4 anos. O caso foi constatado pela equipe da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vetor Oeste.

A mãe da criança foi orientada a levar a menina para o Hospital Universitário, onde uma médica confirmou o abuso.

De acordo com a própria avó, que foi presa e encaminhada ao Plantão da Polícia Civil, ela praticou sexo oral com a neta.

Diante da confirmação e da prisão feita pela Polícia Militar, o delegado Osmany Pinheiro Machado Júnior determinou o encaminhamento da avó para a Cadeia Pública Feminina de Itupeva, onde ela vai aguardar decisão da Justiça.

Esse é o terceiro caso de estupro de vulnerável registrado pela Polícia Civil, desde sábado. Um deles é de um pai suspeito de ter abusado da filha de 13 anos e o outro do Jardim Novo Horizonte, de um pedreiro acusado de abusar da amiguinha de 8 anos, de sua enteada, em uma obra.

Assédio 

A diretora da Casa da Fonte, no Jardim Novo Horizonte, Maria Cristina Castilho de Andrade, pede a presença da policiais no horário de saída das meninas atendidas na instituição. Ela fotografou dois rapazes assediando as crianças. A diretora está preocupada com a segurança das meninas.