‘Xô Dengue’ vistoria 3 mil imóveis em Jundiaí

Com o foco na prevenção no controle do mosquito transmissor das arboviroses – dengue, zika, chikungunya e febre amarela – a Unidade de Vigilância de Zoonoses realiza mais uma edição do ‘Xô Dengue’ nesta quinta-feira (3) e sexta-feira (4) em várias regiões de Jundiaí, com meta de visitação de 3 mil imóveis. A ação será realizada, mais uma vez, com a parceria do 12º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC) Barão de Jundiahy. Na manhã desta quarta-feira (2), os soldados receberam treinamento específico sobre a ação.

Segundo a biomédica da Zoonoses, Ana Lúcia de Castro, cerca de 150 pessoas estão envolvidas diretamente na ação, que terá como foco a avaliação da situação dos criadouros e coleta e análise das larvas de mosquitos Aedes aegypti. “Estamos em um período de seca e, provavelmente, encontraremos criadouros sem água mas com a presença dos ovos, já que são resistentes e permanecem viáveis por até um ano. Visando a prevenção, as equipes circularão pelos quintais das residências e entorno, identificando os objetos que podem servir para o acúmulo de água e orientando sobre as formas de eliminação mecânica e definitiva. Essa é a melhor medida para combater a dengue e as demais arboviroses”, explica a biomédica da UVZ.

As visitas serão iniciadas a partir das 8h, nas regiões que englobam os bairros Vianelo, Vila Arens, Progresso, Rami, Agapeama, Jardim do Lago, Santa Gertrudes, Eloy Chaves, Fazenda Grande, Novo Horizonte, Guanabara, Maringá, Marlene e Torres de São José, Colônia, Ivoturucaia, Tamoio, Nambi, Ponte São João, Tarumã e Rio Branco, durante os dois dias, somente no período da manhã. Segundo a biomédica, a pesquisa será minuciosa. “As equipes aproveitarão o momento para alertar, já que o processo educativo já vem sendo realizado há anos, constantemente”, ressalta.