Várzea tenta acordo com Jundiaí para manter alunos

O prefeito de Várzea Paulista, Juvenal Rossi, manteve contato com o prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, para tentar encontrar uma solução para atender os alunos de Várzea Paulista que estudam em Jundiaí.

Pais de alunos chegaram a fazer uma convocação nas redes sociais para protesto neste sábado (05), na divisa dos municípios.

Alguns pais preferem que seus filhos estudem em Jundiaí.

A Prefeitura de Várzea emitiu a seguinte nota de esclarecimento em seu site, sobre a polêmica.

“A Unidade Gestora Municipal de Educação de Várzea Paulista informa que, em reunião ocorrida na última terça-feira (24), no Gabinete do prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, com a presença do prefeito de Várzea Paulista, Juvenal Rossi, gestor municipal de Educação, Rodolfo Braga, gestora executiva de Administração Geral, Magali Souza, e secretária de Educação de Jundiaí, Vasti Marques (e equipe), os participantes dialogaram sobre a demanda de alunos de ambos os municípios e estabeleceram, juntos, alternativas para o devido atendimento dos estudantes ficando acordado:

Os estudantes dos 2º, 3º e 4º anos matriculados atualmente (2019) na EMEB Geralda Berthola Facca , EMEB Ranieri Mazzilli e EMEB Professora Glória Maria Genovesi permanecerão nestas escolas no ano letivo de 2020, dando seguimento aos anos seguintes (3º,4º e 5º anos ). Importante destacar que alunos com irmãos em outros anos, na mesma unidade escolar, também permanecerão matriculados nas escolas supracitadas.

Várzea Paulista estará recebendo para matrícula referente ao ano letivo de 2020:

– Os estudantes do grupo 04 e 05, matriculados atualmente (2019) na EMEB Clotilde Copelli de Miranda , EMEB Iracy Ferreira Bueno e EMEB Amélia Lima Lopes.

– Os estudantes do 1º ano atualmente matriculados (2019) na EMEB Geralda Berthola Facca , EMEB Ranieri Mazzilli e EMEB Professora Glória Maria Genovese.

Todos darão seguimento aos anos seguintes (Grupo 5, 1º ano e 2º ano) no município de Várzea Paulista.

Solicitamos aos pais e/ou responsáveis legais pelas crianças dos anos e das unidades acima citados que compareçam nos dias 30 de setembro, 1º e 2 de outubro à Unidade Gestora Municipal de Educação de Várzea Paulista, localizada na Avenida Fernão Dias Paes Leme, nº 618, Centro — no horário das 9 às 16 horas, para o devido cadastro para matrícula e retirada de declaração de vaga para o ano letivo de 2020.”

Desabafo

Uma moradora de Várzea escreveu nos comentários do “JR”: “

Sou moradora de várzea, minha filha estuda em Jundiaí…
Morei por anos em Jundiaí, minha filha nasceu em Jundiaí, de certa forma pago impostos a Jundiaí, compro, usufruo, deixo meu dinheiro todo mês …
Minha filha tem o direito, como todas as outras crianças, que seus pais estão lutando pela permanência…
Jamais queremos roubar, vaga de vcs jundiaienses, só queremos que nossas crianças concluam o fundamental em suas respectivas escolas…
Nossos filhos estão sendo expulsos, estão sofrendo, estão acuados, são apenas crianças…

Vamos lutar sim…!!”