Jundiaí terá Campanha de Vacinação contra o Sarampo

A Prefeitura de Jundiaí realiza Campanha Seletiva de Vacinação contra o Sarampo, entre 7 a 25 de outubro. A ação visa imunizar crianças entre 6 meses e menores de cinco anos em todas as Unidades Básicas de Saúde, Novas UBSs e Clínica da Família que ainda não possuam as doses preconizadas para a idade. No dia 19 de outubro será realizado o ‘Dia D’, das 8h às 17h  exclusivamente nas UBSs Rami, Tamoio, Hortolândia e Clínica da Família Novo Horizonte.

De acordo com a Diretora de Vigilância em Saúde da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde, Fauzia Abou Abbas Raiza, a iniciativa tem por objetivo vacinar somente aqueles que não possuem as doses determinadas pelo Ministério da Saúde. “É fundamental que levem as carteiras de vacinação para que a equipe verifique a necessidade da imunização. A medida também garante o registro para aqueles que necessitarem da dosagem”, explica.

De acordo com o Ministério da Saúde Crianças entre 6 meses e menores de um ano devem receber uma dose antecipada à rotina vacinal contra o sarampo. Aqueles com menos de 5 anos devem contar com duas doses contra a doença. A Unidade de Gestão de Promoção da Saúde oferta a vacina em todos os equipamentos de Atenção Básica, inclusive com horário ampliado, na Clínica da Família, UBS Hortolândia, Tamoio e Agapeama/Vila Esperança, a partir de senha, retirada nas recepções dos serviços.

Mais uma vez, a Prefeitura de Jundiaí contará com o apoio do  Rotary International, que  auxiliará na divulgação da Campanha Seletiva de Vacinação contra ao Sarampo e fará intervenções pelos parques públicos da cidade, assim como em escolas das redes pública e particular. De acordo com o presidente do Rotary Club Jundiaí Oeste, Ruy Octávio Zanelatti, cerca de 30 rotarianos estarão diretamente envolvidos na ação. “A vacinação é uma preocupação do Rotary International, por isso, a parceria com a Prefeitura de Jundiaí é uma forma de colaborar com o controle ao sarampo, doença que não era registrada há décadas em território nacional”, explica.

Jundiaí registra, de acordo com o último balanço divulgado pela Vigilância Epidemiológica, no dia 27 de setembro, 215 notificações, 59 descartados e 44 casos positivos (todos com ações de bloqueio realizadas).