Vereadores rejeitam processo para cassar prefeito

Os vereadores da Câmara de Louveira rejeitaram na noite desta terça-feira, dia 01, a abertura de processo para cassar o mandato do prefeito Júnior Finamore. A vitória do prefeito foi por 9 votos a 3.

Os vereadores Marquinho, Agostinho e Leandro votaram a favor do processo.

O prefeito foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Estado no dia 19 de setembro a cumprir cinco meses de reclusão (em regime aberto), por ser acusado de “enganar” a Justiça.

O Tribunal de Contas do Estado entendeu que o prefeito fez nomeações em cargos em comissão que deveriam ser funções contratadas por meio de concurso público.

O prefeito mandou projeto para a Câmara Municipal recriando os mesmos cargos.

A Justiça também estabeleceu multa de R$ 30 mil ao prefeito.

“Foi comprovado que a iniciativa da lei foi dele, bem como as nomeações e recontratações de inúmeros apadrinhados políticos. Foi detectada a intenção do réu (dolo) no descumprimento da decisão proferida anteriormente pelo Tribunal de Justiça, na medida em que uma empresa foi contratada para readmitir funcionários exonerados, como se fossem prestadores de serviços”, afirma a sentença.