DAE faz manutenção na rede de esgoto

Evitar obstruções e consequentes extravasamentos é o objetivo de uma manutenção preventiva que a DAE realiza nas redes de esgoto do município. A limpeza retira detritos da rede, principalmente areia.

“Nossa preocupação é remover este material, atuando de modo antecipado para evitar o vazamento de esgoto nas ruas em função de entupimentos da rede”, explica o gerente de Manutenção de Esgoto, Aldmar Alexandre Alves.

A ação começou por dois bairros que apresentam mais reclamações em relação à rede de esgoto: Jardim Novo Horizonte e Jardim Tulipas. A maior parte dos detritos é areia, mas há também materiais que nem deveriam ir para a rede de esgoto, como pedaços de madeira e plástico.

“Como o contrato tem duração de um ano, vamos percorrer diversos trechos da cidade, onde houver necessidade de limpeza, evitando com isso a obstrução da rede”, detalha. A empresa responsável pela manutenção é a Provac Terceirização de Mão de Obra.

 

Descarte irregular

Apenas em 2018, 300 toneladas de lixo foram encontrados na rede de esgoto em Jundiaí. “É essencial que a população também contribua e faça o descarte correto”, pontua Alves.

Na pia da cozinha, não é permitido se desfazer de óleo, pó de café, restos de comida, cascas de fruta, legumes ou qualquer outro tipo de detrito. Já no vaso sanitário, não se deve jogar papel higiênico, preservativos, absorvente, fralda, ponta de cigarro, trapos (calcinhas, meias e cuecas), sabonetes, tubo de creme dental, aparelho de barbear, pente, cotonetes e fio dental.