Clientes prestam queixa na Polícia contra agência de turismo

Um grupo de clientes prestou queixa na Delegacia de Polícia Civil de Jundiaí contra a agência Divertion Turismo, da rua Barão de Jundiaí, 386, no Centro de Jundiaí. A empresa fechou as portas e emitiu um comunicado de que foi à falência, não podendo honrar com as viagens vendidas até agora.

Uma leitora do “Jornal da Região” relatou que chegou a pagar a quantia de R$ 2.400,00 para uma viagem ao Beto Carreiro e ao procurar a agência descobriu que estava fechada e não vai poder viajar.

Um grupo, com mais de 20 clientes também compareceu no Plantão Policial de Jundiaí para prestar queixa contra o proprietário da agência por crime de estelionato. O grupo tinha viagem marcada com prejuízo às pessoas de mais de R$ 18 mil.

Em nota a Divertion explica que a crise econômica do País impediu de continuar as atividades e pretende reembolsar todas as pessoas que pagaram pelas viagens não cumpridas. A empresa está fazendo um levantamento de quanto cada um dos clientes pagou, para fazer uma programação de pagamentos. Mas não diz em quanto tempo vai fazer essa devolução e se haverá indenizações ou compensações.

O investigador Poli, do 1º Distrito Policial, disse que o inquérito policial está no início, mas configura um crime de estelionato e o proprietário será intimado para comparecer, para prestar depoimento ao delegado Antonio Dota Júnior.