Vale do Rio Jundiaí: propostas serão expostas na Argos

As ideias para a requalificação do Vale do Rio Jundiaí, selecionadas por concurso, serão expostas a partir do dia 21, no Complexo Argos. para a visualização da população. Os trabalhos poderão servir de inspiração para projetos futuros da Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente, para a implantação de espaços de lazer, áreas de convivência, transporte além de proteção ambiental. Técnicos da unidade passaram por capacitação para o melhor uso de ferramentas de operações urbanas consorciadas, com o objetivo de melhor utilizar as sugestões propostas pelo Concurso organizado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) Jundiaí.

De acordo com o gestor Sinésio Scarabello Filho, os trabalhos são destacados pela qualidade das informações. “As apresentações para a população mostrarão como poderá ficar o espaço com a requalificação. Existem ferramentas que podem ser utilizadas para a valorização dos espaços urbanos”, destaca o gestor, lembrando que técnicos da UGPUMA passaram por curso de  capacitação, no último final de semana, sobre instrumentos que podem ser aplicados para que o recurso financeiro seja direcionado para transformação de uma determinada área da cidade, como o trecho escolhido para o Concurso de Ideias para o Vale do Rio Jundiaí. A exposição dos trabalhos selecionados terá início no Complexo Argos e se estenderá para outros equipamentos públicos.

A diretora de Planejamento, Gestão e Finanças Paula de Castro Siqueira, que participou da capacitação, as ferramentas apresentadas ampliam o repertório dos profissionais. “Tivemos contato com os conceitos, conhecimento de experiências de aplicação e também visitamos locais onde o instrumento de política urbana (Operação Urbana Consorciada), foi utilizado na cidade de São Paulo. Trata-se de um processo que demanda estratégia política, sensibilização e envolvimento de todos os agentes: poder público, produtores imobiliários, comunidade local e população em geral, para, paulatinamente, construirmos o processo de operacionalização” , comenta.