Cursinho Chico Poço tem sede invadida e furtada

Funcionários da ONG Cursinho Chico Poço encontraram a unidade totalmente revirada na manhã desta segunda-feira (9). “Hoje é um dia triste para o CP². As portas do prédio onde realizamos nossas atividades amanheceram arrombadas, os armários revirados, todos os nossos bens materiais de algum valor (muito úteis em nossas aulas e atividades extras) foram perdidos”, informou a unidade.

Apesar dos danos e do prejuízo, as aulas foram realizadas normalmente nesta segunda. “CAROS ALUNOS: as aulas ocorrerão normalmente essa semana. Se a porta não fecha, a gente vai com a porta aberta. Se não tem mais projetor, a gente se reforça no giz. Se não tem mais microondas, a gente come frio. Mas as aulas continuam. NÃO PARARÃO”, diz o aviso da entidade nas redes sociais.

No sábado houve atividade normalmente. “Nos alivia o fato de que não havia ninguém no prédio no momento da invasão, ressentimo-nos com a já bastante difícil missão que assumimos, a de ministrar aulas populares para jovens vestibulandos de baixa renda, e que nesse momento tornou-se ainda mais severa”, aponta.

Chico Poço
A porta foi arrombada e precisa ser substituída, além de outros matérias furtados que precisam ser repostos. Por isso, a ONG pede ajuda a quem puder colaborar para reaver parte do seu patrimônio e, assim, seguir com a assistência aos alunos.

Quem puder ajudar, a ONG precisa repor:
– projetor
– notebook
– microondas
– bebedouro
– sistema de som
– reforma ou troca da porta principal
– instalação de segurança predial (arames farpados para o muro, reforço de serralheria para a porta)

Também são aceitas doações únicas na conta da entidade ou participação no projeto Adote um Aluno. As informações para esse tipo de doação se encontram em https://www.cursinhocp2.org/adote-um-aluno