Guarda de Campo Limpo prende ex-marido por ameaças

A Guarda Municipal de Campo Limpo Paulista prendeu em flagrante um ex-marido de 37 anos por ameaçar de morte a companheira de 42, em residência de condomínio.

Os seguranças da portaria levaram a equipe da Guarda até a casa onde um casal estava brigando.

A vítima relatou que foi ameaçada de morte com arma de fogo. O acusado disse que ninguém entrava na casa.

A mulher autorizou a entrada da equipe e houve luta corporal com o acusado. A mulher indicou onde estava a arma e os guardas descobriram que eram dois simulacros.

A mulher achou que fossem de verdade e disse que desde a separação há dois meses as brigas se tornaram mais agressivas e teme por sua vida. Ela pediu ao delegado Elias Evangelista Jr, do Plantão de Campo Limpo Paulista a Medida Protetiva contra o seu marido.

O delegado determinou a prisão do homem por ameaça e fixou fiança de dois salários mínimos, que foram pagos pelo autor para responder processo em liberdade.

No último final de semana, também em Campo Limpo, um marido obrigou a mulher a tomar ácido e veneno para ratos misturados no suco de laranja. O marido foi preso por tentar matar a esposa, por determinação da delegada Renata Yumi Ono.