Sindicato pede mesa de negociações com construtora

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Jundiaí e Região solicitou a marcação de uma mesa de negociações no Ministério do Trabalho de Jundiaí na tentativa de encontrar uma solução para problemas que estariam ocorrendo na empresa Fênix Incorporações e Construções. A conciliação acontece na próxima quarta-feira (28).
De acordo com o sindicato, a empresa ganhou concorrência pública para construir oito torres de um condomínio, o Monte Carlo, na cidade de Itupeva, por meio do programa Minha Casa, Minha Vida. Porém, há quatro meses, segundo a entidade, teria começado uma série de demissões, sem que os trabalhadores recebessem suas verbas rescisórias.
Os atrasos nos salários, segundo o Sindicato, teriam se tornado frequentes, o que levou um grupo de 40 funcionários a paralisar as atividades. “Os trabalhadores estão ficando sem receber seus benefícios. Verbas rescisórias são consideradas como urgente, pois são elas que se garantem o sustento da família e até o momento não foi feita nenhuma proposta”, afirma o presidente do sindicato, José Carlos da Silva.
A empresa foi procurada para dar sua versão, mas os telefones não atendiam.