Mulheres voltam a ser representadas na Câmara

A radialista Ana Tonelli (PSDB) volta para a Câmara Municipal de Jundiaí, para um períodode 30 dias, no lugar de Rafael Antonucci (PSDB), que pediu licença para tratar de assuntos pessoais. A Câmara de Jundiaí só tem homens no quadro de vereadores que ocupam as cadeiras no plenário.

Ana Tonelli já trabalhou por seis mandatos na Câmara. Ela sempre teve um diferencial. Como mulher, fez muitas leis e propostas para o “sexo frágil”. Lutou pela instalação na cidade da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Chegou a ir ao Palácio dos Bandeirantes fazer reivindicações de melhorias para a Saúde e Educação.

Na cidade, sempre – no caro de vereadora -, ia para os bairros ver e sentir os problemas da população carente. Chegou a “pisar na lama” e “no esgoto”, das regiões alagadas ou sem saneamento.

Lutou por exemplo para a pavimentação de ruas do bairro do Ivoturucaia, há mais de 20 anos. O seu gabinete, na Câmara Municipal, estava sempre com as portas abertas para receber a população que ia fazer pedidos. Ana, durante os seus mandatos, andava com bloquinhos de papel, para anotar os pedidos da comunidade por onde passava, seja na rua, nas lojas e até no Mercadão da Vila Arens.

Em seus 30 dias na Câmara Municipal promete tratar a todos como sempre fez, com dedicação e cobrando o Poder Público.

Ana Tonelli já foi presidente também da Câmara de Vereadores de Jundiaí.