Jundiaiense de 30 anos fica isolado por causa do sarampo

Um jundiaiense de 30 anos, que viajou a trabalho para Belo Horizonte, em Minas Gerais, está isolado no hospital devido suspeita de sarampo. Os pacientes e funcionários da UPA Centro-Sul da cidade tiveram de tomar vacina para se protegerem da doença. A UPA ficou cinco horas interditada até a esterilização de todos os ambientes.

O jundiaiense chegou a tomar avião e ficou hospedado em um hotel, quando passou mal e procurou atendimento na UPA. Os funcionários do hotel também terão de se vacinar e a Saúde de Minas procura os passageiros do mesmo voo para que eles tomem vacina.

A Prefeitura de Jundiaí aguarda informações de Minas, para adotar medidas junto aos familiares, vizinhos e locais onde o jundiaiense esteve, bem como na empresa onde trabalha.

O Governo do Estado de São Paulo está cobrando a Secretaria de Saúde de Minas, para fornecer todos os dados do paciente, para ações rápidas das equipes de vacinação.

Números

Jundiaí tem 81 notificações de casos suspeitos emitidos pela rede hospitalar do município. Dois deles foram descartados e quatro deram positivo.

Imunização
A vacinação contra o Sarampo é indicada para as pessoas nascidas a partir de 1960, que não tenham imunização registrada na carteira de vacinação. São necessárias duas doses para pessoas até 29 anos e uma dose para quem tem mais de 30 anos. As crianças entre 6 meses e menores de 1 ano foram incluídas pela Secretaria de Estado da Saúde para a recepção da dose extra, além das doses de rotina (aplicadas aos 12 e 15 meses).

As vacinas estão disponíveis gratuitamente em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Novas UBSs e Clínica da Família durante o horário de funcionamento dos equipamentos. A partir de segunda-feira (26), além  da UBS Hortolândia e da Clínica da Família Novo Horizonte, as unidades Agapeama  e Tamoio também passarão a abrir a sala de vacinação em horário ampliado para a vacinação daqueles que não possuem as doses necessárias.

Clínica da Família até 20h –  (senhas entregues até 19h30)

UBSs Agapeama/Vila Esperança até 20h30 – (senhas entregues até 20h30)

UBSs Hortolândia e Tamoio até 21h -(senhas entregues até 20h)

No caso de dúvida sobre a imunização, basta comparecer à UBS de referência com a carteira vacinal para o esclarecimento. Caso não possua o documento e faça parte do grupo, busque o atendimento para receber a imunização

Foto: Reprodução TV Minas