Com empresa em recuperação, metalúrgicos da CBC aprovam PLR

Os trabalhadores da CBC, em Jundiaí, aprovaram a proposta de Participação nos Lucros e Resultados (PLR). A decisão foi tomada em assembleia realizada pelo Sindicato dos Metalúrgicos na porta da empresa. O montante será pago em duas parcelas, sendo a primeira em setembro e o restante em março de 2020.

Nos últimos meses, a CBC apresentou melhora na produção. Por essa razão, integrou mais de 300 trabalhadores ao quadro. A maioria dos integrados são funcionários que haviam sido demitidos nos períodos de baixa produtividade. “Passamos por momentos bem difíceis aqui na CBC, pois durante algum tempo renovamos acordos de redução de jornada e salário. Felizmente, agora viemos tratar de algo positivo. Além de dar boas vindas aos novos companheiros e saudar os que estão de volta, temos uma boa perspectiva de produção e uma boa remuneração da PLR”, declarou o diretor do sindicato  José Carlos Cardoso (Mineiro).

 

Conscientização e mobilização

O presidente do Sindicato, Eliseu Silva Costa, também marcou presença na assembleia e aproveitou a oportunidade para fazer uma breve análise sobre a conjuntura trabalhista e econômica atual. Em sua fala, o presidente fez duras críticas às reformas trabalhista e da Previdência, bem como a MP 881, que permite o aumento da jornada de trabalho e autoriza trabalho aos finais de semana e feriados. Eliseu também alertou os trabalhadores sobre “Saque-Aniversário” do FGTS, uma medida que pode prejudicar no momento da demissão, e finalizou sua participação convocando os trabalhadores para a Assembleia Geral da Negociação Coletiva, marcada para 15 de setembro, às 9h, na Sede do Sindicato.  “Para que o nosso Sindicato seja forte e cada vez mais atuante, é necessário que o trabalhador esteja muito próximo. Estamos dialogando, mobilizando e alertando toda a categoria em torno dos principais temas trabalhistas, para que possamos defender os nossos direitos”, disse o presidente.