Marido mata a mulher após discussão

A cozinheira Marilza Aparecida Maldonado dos Santos, de 42 anos, moradora na Vila Arens, em Jundiaí, foi morta pelo marido, Rubens Alves Pereira, de 29 anos, após uma discussão dentro de casa.

O casal teve uma briga e o marido usou uma faca de pão para atingir a companheira. Ferida, ela foi socorrida pelos vizinhos ao Pronto Socorro do Hospital Paulo Sacramento.

De madrugada, os policiais militares foram informados da morte da mulher e se dirigiram até a residência, onde o marido tinha lavado a faca e arrumado a cozinha, sem campo para perícia da Polícia Científica.

O marido não sabia que a esposa tinha morrido, porque ficou em casa cuidando dos filhos. Ele começou a chorar ao saber da morte da mulher.

Rubens recebeu voz de prisão em flagrante por homicídio e foi levado até o Plantão da Polícia Civil de Jundiaí, onde foi indiciado por feminicídio.

Rubens disse ao delegado do Plantão, Osmany Pinheiro Machado Júnior, que a esposa tinha muito ciúmes dele, “por ser mais novo” e as brigas eram constantes na residência. Que a facada foi dada “para dar um susto” na esposa, mas não esperava que ela fosse morrer.

Após receber a voz de prisão o autor foi encaminhado para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, onde ficará aguardando decisão da Justiça.