Itupeva encaminha moradores de rua para abrigo

Como parte das ações da Secretaria de Desenvolvimento Social de Itupeva, acontecem as abordagens com pessoas em situação de rua. Por conta das baixas temperaturas, estas ações foram intensificadas. Só neste domingo (7), quatro pessoas em situação de rua foram levadas a abrigos.

Uma condução do CTEC (Centro Terapêutico Educacional Cristão) se deslocou até os principais pontos do município, onde há a aglomeração destas pessoas, na tentativa de proporcionar, novamente, orientações e conduzi-los ao acolhimento. É com este centro que a Prefeitura mantém um convenio na modalidade de abrigo, garantindo 14 vagas – 10 delas já ocupadas por homens. “Estão sendo feitas diversas ações e já conseguimos levar para o abrigo 4 pessoas em apenas um dia. Temos que considerar nossa Constituição Federal, que garante as pessoas o direito de ir, vir e permanecer. Sendo assim, quando uma pessoa está em situação de rua e, nas abordagens não aceita as orientações e encaminhamentos realizados pelos técnicos, precisamos respeitá-los e, criar novas oportunidades de mantermos diálogos, a fim de proporcionar reflexões sobre tal situação e, as possibilidades de mudança”, disse Mônica Governici, gerente do CREAS.

Para aqueles que não aceitaram o acolhimento, a Prefeitura ofertou cobertores, assim como diversas tentativas de retorno para suas famílias, no município e, recambio. Estas abordagens também aconteceram, neste mesmo esquema, na sexta-feira (5).

Além das abordagens de rotina, o CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), com a colaboração de voluntários, realiza às quartas-feiras, sempre às 9h, roda de conversa com as pessoas nesta situação, para tentar o acolhimento.

As abordagens são apenas um tipo de ação. Nas dependências dos CREAS também são realizados atendimentos individuais, pelo Educador Social e Assistente Social, para atender demandas de orientações, encaminhamentos para outras políticas públicas, elaboração de currículo, providências para obtenção de segunda via de documentos e, acolhimento institucional.