Homem morre atropelado na Geraldo Dias

Um homem morreu atropelado na Rodovia Vereador Geraldo Dias, no Parque Cecap. De acordo com boletim de ocorrência elaborado pelo escrivão Gustavo Targa e delegado Felipe Carbonari, o autor do atropelamento deixou o local e foi direto até o Plantão da Polícia Civil, porque foi ameaçado por amigos da vítima.

No depoimento prestado pelo motorista ao delegado Felipe Carbonari, ele contou que dirigia pela estrada e não viu quando José Hilton de Souza Alves, de 46 anos, atravessava a rodovia.

Chocado com o acidente, o motorista parou o veículo e o dono de um carro que estava logo atrás ligou para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), para socorrer a vítima.

Depois disso começaram a chegar muitas pessoas e amigos da vítima passaram a ameaçar o condutor do carro, que preferiu ir até o Plantão Policial do que ficar no local e correr risco de ser agredido.

O delegado Felipe Carbonari determinou aos policiais Omar e Akiko que fossem até o local do atropelamento, para confirmar as informações. Ele também exigiu a realização de exame de dosagem alcoólica no motorista e o resultado foi zero para consumo de bebida.

Diante da situação, o delegado informou no boletim de ocorrência que o motorista não se omitiu ao socorro e também compareceu espontaneamente no distrito policial, sendo liberado para aguardar decisão da Justiça.

O corpo de José Hilton foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí, liberado para velório no Cemitério do Montenegro e seguirá nesta segunda-feira (08) para sepultamento em Alagoas.