Morre João Gilberto, um dos pais da Bossa Nova

Morreu neste sábado (6), aos 88 anos, um dos criadores da bossa nova. O músico morava no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada ao pelo filho dele, João Marcelo Gilberto, que mora nos Estados Unidos. A causa da morte ainda não foi divulgada.

“Meu pai morreu. Sua luta foi nobre, ele tentou manter sua dignidade ao perder sua soberania”, escreveu João Marcelo no Facebook. “Gostaria de agradecer a Maria do Ceu por estar a seu lado no final. Ela foi sua verdadeira amiga e companheira.”

João Gilberto Prado Pereira de Oliveira, cantor e violonista baiano, concluiu em 1961 a trilogia de álbuns fundamentais que apresentaram a Bossa Nova ao mundo, foram eles “Chega de saudade” (1959), “O amor, o sorriso e a flor” (1960) e “João Gilberto” de 1961.

Considerado um dos pais da Bossa Nova, João Gilberto é um ícone da música brasileira. No entanto, o artista não aparecia em público há anos devido à saúde debilitada.

Recentemente, a filha de João Gilberto, Bebel Gilberto, tinha acionado a Justiça para interditar o pai. A atitude polêmica gerou um grande briga na família, que também travava uma batalha judicial pelo patrimônio do cantor e compositor.

O músico deixa três filhos: João Marcelo, Bebeto e Luisa. João Gilberto ficou conhecido por revolucionar a música brasileira, pela sua maneira de cantar e tocar violão.