Ladrão de baterias é preso pela DIG

Os policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí localizaram em Várzea Paulista um homem que vendia baterias furtadas de companhias telefônicas.

Há vários meses torres de celulares tinham as baterias furtadas. As últimas vítimas foram a Oi e Nextel.

Os policiais da DIG passaram a apurar o caso. Segundo o investigador Eduardo, durante pesquisa em grupo de vendas no Facebook visualizou uma das baterias descritas pela Nextel.

Um representante da empresa foi com os policiais no local das vendas, e confirmou com os investigadores que era a bateria furtada da torre da Nextel.

Diante dos fatos, o suspeito foi preso. Ele é Jean, de 40 anos, morador de Várzea Paulista, que foi apresentado na sede da DIG e aguardará sentença da Justiça.