Proerd forma mais de 400 alunos em Itupeva

Uma tarde marcada por aprendizado, orientação e muita emoção. Assim foi a formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), realizada nesta quarta-feira (3), no salão de eventos da Igreja Santo Antônio, em Itupeva.

O prefeito Marcão Marchi, na companhia do vice-prefeito e secretário de Governo, Alexandre Ribeiro Mustafa destacou a importância deste trabalho de conscientização na formação dos estudantes. “O Proerd é um projeto maravilhoso, que funciona através de uma parceria com a Polícia Militar, ajudando a orientar nossas crianças contra às drogas e à violência. Trata-se de uma ação muito importante para o nosso município, pois contribui para a formação de caráter de cada participante. Sendo assim, parabenizo à PM e também à Secretaria de Educação, destacando que o Proerd é sempre bem-vindo em nossa cidade”, confirma.

De acordo com a Secretaria de Educação, 410 crianças de 8 unidades escolares, na faixa etária de 10 anos, cursando o 5º ano do Ensino Fundamental participaram da formatura.

Segundo o cabo PM e instrutor do Proerd, Gean Carlos Pessoa Peixoto, o trabalho em si prepara às crianças que estão em fase de transição escolar, passando da Rede Municipal para o ensino estadual ou particular. “Nossa atuação é voltada exclusivamente às crianças, a fim de que, rejeitem ofertas de drogas e pressão de colegas. Por isso, essa formatura foi muito gratificante, com a união de 8 escolas da cidade”, comenta.

Ao longo do primeiro semestre de 2019, a integração entre a PM e a Secretaria de Educação rendeu elogios por parte de pais e responsáveis e também por gestores das escolas municipais.

A coordenadora pedagógica de EMEFEI Professora Maristela Sales Izzo agradeceu aos policiais que atuam no Proerd. “Pois o trabalho em questão agrega valores aos alunos, principalmente em termos de cidadania e ética”, exalta.

Já a mãe de dois alunos da Rede Municipal, Marcia Aparecida, afirmou que o trabalho desenvolvido pelo Proerd contribui para a vida dos seus filhos. “Eu só posso agradecer aos policiais que tanto se dedicam ao Proerd, em prol das nossas crianças, principalmente por essa orientação de resistência às drogas e à violência”, complementa.