Feira da Solidariedade entra para o Calendário Municipal de Eventos

O Calendário Municipal de Eventos passa a contar, agora, com mais um reforço de peso. Tradicional em Jundiaí, a Feira da Solidariedade passou a fazer parte deste seleto grupo após aprovação de projeto de lei na Câmara Municipal. A votação aconteceu na sessão de terça-feira à noite (25) e contou com a participação da diretora da Cáritas Diocesana (organizadora da feira), Maria Rosangela Moretti, e de integrantes de entidades e pastorais envolvidas no evento.

De acordo com Maria Rosangela, o pedido para que a feira fosse incluída no Calendário Municipal foi feito ao vereador Edicarlos Vieira – responsável pela apresentação do projeto. “É um evento que realizamos há mais de 18 anos e, por conta desta relevância, decidimos solicitar a inclusão no calendário do município”, explicou. “Quero agradecer ao Edicarlos e a todos os vereadores que votaram a favor deste projeto”.

A Feira é um evento cultural que celebra a Semana Nacional da Solidariedade, envolvendo exposição dos trabalhos realizados ao longo do ano pelas pessoas atendidas por 18 entidades e 10 pastorais envolvidas. A Feira se concentra na praça Governador Pedro de Toledo, na região central (em frente à Catedral Nossa Senhora do Desterro).

Fazem parte deste trabalho pelo menos 150 voluntários, além das 200 pessoas que realizam apresentações culturais durante o evento – responsável por um público de aproximadamente 2 mil espectadores. Produtos artesanais também são comercializados e toda renda é revertida para ajudar na manutenção das ações sociais. “O trabalho voluntário realizado na cidade é fantástico e de fundamental importância para o desenvolvimento da nossa cidade. Me sinto muito honrado pela oportunidade de apresentar este projeto”, destacou o vereador Edicarlos Vieira.

 

História

A primeira edição dia 18 de novembro de 2000, no Museu Histórico e Cultural de Jundiaí – Solar do Barão, com exposição de fotos, trabalhos artesanais e apresentações de balé, coral, sapateado e dança – feitas por crianças, adolescentes, jovens e idosos.

A Cáritas Diocesana de Jundiaí é uma entidade beneficente, sem fins lucrativos, criada em 1997 e localizada no Parque Almerinda Chaves. É responsável pelo atendimento às pessoas em situação de vulnerabilidade social, na defesa e garantia dos direitos socioassistenciais, apoio às entidades beneficentes e pastorais sociais filiadas. Enfrenta as desigualdades sociais na busca por ações de solidariedade e promoção humana nas cidades que compõem a Diocese de Jundiaí.