Lixo de Várzea se transforma em abrigos para pássaros

O gestor de Infraestrutura de Várzea Paulista, Renato Germano, apresentou as casinhas para pássaros que estão sendo instaladas em toda a cidade, feitas com material descartado pela população e que iria para o lixo.

As madeiras, que sobram de construções e deixadas nos Ecopontos da cidade, são trabalhadas no setor de marcenaria da Prefeitura. Depois encaminhadas para o Clube da Melhor Idade, onde os frequentadores fazem pinturas e acabamentos, ajudando nas atividades e no trabalho social.

Renato disse que já foram fabricadas cerca de 240 casinhas e instaladas 47 nas árvores da cidade. Existe uma preocupação em deixar a cidade mais bonita.

Foto: Nilson Cologni