Itatiba terá 2ª Semana de Astronomia

Organizada pela equipe da Estação Ciências, do Planetário Municipal de Itatiba, e a Secretaria de Educação, a 2ª Semana de Astronomia tem como tema deste ano os 50 anos da chegada do homem à Lua, através da missão Apollo XI em 20 de julho de 1969. Para esta edição, diversas atividades foram programadas.

Nos dias 9 e 10 de julho, das 19h às 22h, haverá noites de observação lunares com telescópios, que serão montados nas quadras de tênis do Parque Ferraz Costa. Serão distribuídas senhas para utilização dos equipamentos por ordem de chegada, a partir das 18h30.

Em 11 de julho, também às 19h, novamente os telescópios serão montados. Desta vez para que a população possa observar a Lua e fazer, sob orientação, fotografias com o uso de seus próprios celulares. Para esta atividade, serão disponibilizadas 70 vagas com necessidade de inscrição prévia e pessoalmente na secretaria da Estação Ciências até o dia 5 de julho, das 8h às 17h.

Fechando a Semana, serão oferecidas ainda 3 palestras dentro da temática proposta. No dia 15, às 19h30, o professor Orlando Rodrigues Ferreira (Unicsul) fala sobre Satélites e Debris espaciais. No dia 16, também às 19h30, o tema da palestra será Histórico das Missões Apollo e Aspectos Tecnológicos das Missões Espaciais, com o Prof. Dr. Roberto Boczko, do IAG/USP. Por fim, Rodrigo Schimidt, do IAG/USP e INPE, apresenta a palestra sobre Lançamento de Foguetes em Astronáutica, às 19h30. Estas atividades têm limite de 50 participantes por tema e os interessados também devem se inscrever pessoalmente até 5 de julho, das 8h às 17h, na secretaria da Estação Ciências, no Parque Ferraz Costa.

 

Buracos negros

 

Também estão abertas as inscrições presenciais, no mesmo local, para o curso “Buracos no Espaço-Tempo – Introdução à Relatividade e aos Buracos Negros”. Esta atividade acontece entre os dias 22 a 26 de julho, das 19h às 21h. A atividade comemora o centenário da observação do eclipse solar em Sobral (CE), que confirmou as previsões da Teoria da Relatividade Geral de Einstein e também as recentes descobertas sobre buracos negros. Ao longo das aulas, os alunos terão uma compreensão mais específica do tema e de outros fenômenos que desafiam a nossa intuição.

O curso será oferecido com o mínimo de 10 e máximo de 50 alunos. Recomenda-se, para um melhor aproveitamento, ensino fundamental completo e conhecimentos razoáveis em Física e Matemática.