Programa entrega mais de 11 mil sacolas de verduras

O Programa Delícia de Reciclagem da Prefeitura de Jundiaí, que “troca” materiais recicláveis por legumes e verduras frescos, entregou este ano, de janeiro a maio, 11.173 sacolas de alimentos, coletando mais de 266 m3 de recicláveis. O programa atende entre 350 e 400 famílias, arrecadando em troca 250 a 350 quilos de material reciclável, o que corresponde a um volume de aproximadamente 14 m3 por semana.

Os 240 canteiros da horta, instalada no Unidam – Unidade de Desenvolvimento Ambiental – concentram uma área de produção de mais de 2.300 m². A cada semana, são colhidos de 2.000 a 2.100 pés de alface, que são distribuídos à população mais carente dos bairros Jardim Sorocabana, Parque Nova República, Santa Gertrudes, Tupi, Vila Ana, Jardim Fepasa, Núcleo Centenário e Jardim São Camilo.

Implantado em 2003, o programa é executado pela Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) e tem como objetivo educar e conscientizar os moradores sobre a importância da reciclagem. Para estimular essa prática, todo material entregue é “trocado” por gêneros alimentícios frescos, direto da horta da Unidam.

Semanalmente, no mesmo dia e horário, um veículo conduz a verdura recém-recolhida e embalada até os locais de coleta dos recicláveis, onde a população aguarda com os materiais separados, ocorrendo a troca. “Este ano foi feito um recadastramento das famílias que participam do programa e houve uma evasão de aproximadamente 15%, por não aceitarem informar dados pessoais”, diz Renato Steck, engenheiro agrônomo da Unidam.

A iniciativa apresenta boa aceitação pela comunidade e resultou em melhoria ambiental, inclusive com a diminuição de animais e insetos nocivos, já que suas fontes de abrigo e alimentação – geralmente lixo acumulado – são reduzidas. E a melhoria na qualidade da alimentação também é aprovada pela população. “Cada sacola leva em média 2,5 pés de verdura, porém também entregamos berinjela, beterraba, quiabo, chuchu, pepino, pimentão e milho verde, entre outros produtos, dentro da sua sazonalidade”, explica Renato. Em 2018 foram entregues 35.000 sacolas e recolhidas 19 toneladas de material reciclado (750 m³).