Gripe: crianças devem receber segunda dose da vacina

Com o fim das doses disponíveis para a população em geral, a Vigilância Epidemiológica foca na segunda dose para as crianças que receberam pela primeira vez a imunização conta a gripe. Os casos que necessitam a nova aplicação foram orientados pelos técnicos das Unidades Básicas de Saúde (UBS), Clínica da Família e Nova UBS aos pais ou responsáveis sobre a necessidade do retorno.

De acordo com a enfermeira Maria do Carmo Possidente, a segunda dose necessária às crianças nunca antes vacinadas é determinação do Ministério da Saúde. “A orientação foi feita pela equipe e é importante que os pais se atentem e levem os filhos que precisam para a segunda dose”, orienta.

As vacinas para esse público específico estão disponíveis em todos os equipamentos de Atenção Básica da cidade, durante o horário de funcionamento. Vale lembrar que, por conta do feriado de Corpus Christi, as Unidades Básicas de Saúde, Clínica da Família e Novas UBSs não abrirão entre quinta-feira (20) e sexta-feira (21), retornando o atendimento na segunda-feira (24) no horário de cada unidade.

A cobertura contra influenza até o dia 12 de junho registra 21.126 doses aplicadas em crianças entre 6 meses e menores de 6 anos (79,7%); 3.067 para gestantes (70,1%); 851 para puérperas (118,4%); 11.220 trabalhadores em Saúde (86,3%) e 49.083 para idosos (97,5%). Entre a população em geral são 29.724 doses aplicadas.