Comitê das Crianças discute temas da cidade

O Comitê das Crianças, formado pela Prefeitura de Jundiaí após se tornar o primeiro Município do Estado de São Paulo a integrar a Rede Latino Americana – Projeto Cidade das Crianças, se reuniu, na tarde deste sábado (15), no Complexo Fepasa, com o objetivo de aprofundar as discussões sobre os temas apontados pelas crianças, durante os encontros anteriores. As reuniões resultarão em uma proposta para a cidade, que será entregue pelo grupo ao Prefeito Luiz Fernando Machado, em novembro. Ainda durante o encontro, foi deliberado pelo grupo o sorteio de 9 vagas, que preencherão as cadeiras abertas após três ausências consecutivas dos selecionados no dia 13 de abril. A publicação dos nomes será feita na última semana do mês junho, na Imprensa Oficial.

“As crianças responderam a pergunta: ‘Que cidade queremos para as crianças de Jundiaí?’ e elencaram temas que devem ser priorizados e detalhados em forma de proposta que atenda toda a cidade. A partir de agora, as crianças se dedicam a aprofundar nas discussões sobre segurança, educação, lazer e saúde, que foram os grandes eixos apontados em suas sugestões. Ainda foi apresentado o texto da Organização das Nações Unidas (ONU) com os 10 direitos das crianças, que completam 60 anos, para que as crianças tomem conhecimento e se apropriem desses direitos”, explica o gestor da Unidade de Gestão de Cultura, Marcelo Peroni.

Gabriel Pires de Lima, 10 anos, é um dos integrantes do grupo. Morador na região do Caxambu e estudante da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Oscar Augusto Guelli, o garoto aponta vários temas como prioritários para Jundiaí. “A saúde, a segurança e a diversão, na minha opinião, são necessidades que atendem não só crianças como os adultos”, comenta.

Já Rhayane Caroline Pereira Barreto, 9 anos, moradora da região da Vila Hortolândia e estudante da EMEB Joaquim Candelário de Freitas, analisa a priorização por outro aspecto. “O respeito deve ser priorizado. As pessoas não estão respeitando as outras, menosprezam quem não são próximos ou não têm a mesma opinião”, argumenta.

O Comitê é composto por 28 crianças de 23 bairros de Jundiaí, divididos em sete vetores do Município (Central, Leste, Nordeste, Noroeste, Norte, Oeste e Sul). A seleção foi feita por meio de sorteio, realizado no dia 13 de abril, no Complexo Fepasa, com transmissão ao vivo pelas redes sociais da Prefeitura, a fim de prezar pela transparência do processo. Cada vetor é representado por duas meninas e dois meninos, entre nove anos e dez anos e três meses de idade.

Os encontros são mensais, com a próxima agenda para o dia 13 de julho. No entanto, no final deste mês, no dia 30, às 11h, haverá interação do Comitê das Crianças no Teatro Polytheama, durante a apresentação do concerto realizado pela Orquestra Municipal e a Cia Jovem de Dança, “Pedro e o Lobo”. Segundo o gestor de Cultura, a intenção é fazer a apresentação oficial do grupo para a cidade.