Geração de emprego em Jundiaí dobra no primeiro quadrimestre

De acordo com dados oficiais do Ministério do Trabalho, foram criadas 1.483 novos empregos formais em Jundiaí no período de janeiro a abril deste ano (21.801 contratações ante 20.318 demissões). O número representa um crescimento de 124% em relação o mesmo período do ano passado, quando foram gerados 660 vagas com carteira assinada. O levantamento é do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Para o prefeito Luiz Fernando Machado, o resultado reflete os esforços da Administração para manter o ambiente favorável aos negócios em Jundiaí. “A aproximação entre o poder público e a iniciativa privada é uma das marcas desta gestão e os números comprovam que acertamos nessa estratégia. O trabalho de capacitação que vem sendo realizado na TV TEC e no Fundo Social de Solidariedade também contribui positivamente”, destaca.

Considerando somente o mês de abril, os números também são positivos. No mês passado, foram abertos 488 novos empregos formais no Município, número que é 43% maior do que as 340 vagas criadas no mesmo mês em 2018.

Os setores de maior destaque seguem sendo a indústria e os serviços. Nos quatro primeiros meses deste ano já foram criados 783 vagas formais em fábricas da cidade, enquanto o setor de serviços contribuiu com 1.297 postos. A construção civil, que dá sinais de recuperação, gerou 128 novas vagas no primeiro quadrimestre.