DIG de Jundiaí participa da ‘Operação Cronos 2’

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí participou da “Operação Cronos 2”, que prendeu 937 pessoas envolvidas em crimes de homicídios e feminicídios.

A equipe da Polícia Civil saiu de manhã com sete mandados de prisões. Desses, um procurado já estava morto.

Dois foram capturados e o restante continua foragido.

A Polícia Civil deteve, nesta terça-feira (28), 526 pessoas durante a Operação Cronos 2 no Estado de São Paulo.

A ação, que foi deflagrada em conjunto com outros órgãos, cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão contra autores de homicídios, feminicídio e violência doméstica em todo o território nacional.

Os trabalhos foram realizados com o apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi) e o Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil (CONCPC).

Em São Paulo, participam da operação 3.317 policiais civis, com o apoio de 1.327 viaturas.

noticia

“Quando todos os estados da federação se unem com a mesma finalidade, de tirar de circulação homicidas e autores de feminicídio o resultado só pode ser positivo”, afirmou a delegada Elisabete Sato, da Delegacia Geral Adjunta (DGPAd). “Ações como essa trazem sensação de segurança à população”, completou.

Ao longo da ação, as atividades de campo deflagradas pelas equipes de São Paulo, resultaram em 526 pessoas detidas, sendo 28 adolescentes. Também foram cumpridas 96 mandados de busca e apreensão.

Além disso, oito veículos foram recuperados no Estado. Também foram recolhidos mais de 19 quilos de crack, cocaína e maconha e 18 armas foram apreendidas, sendo 15 armas de fogo e três brancas.