DIG rastreia remédios contra o câncer roubados

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí localizou no Rio de Janeiro uma caixa de remédio contra o câncer, que foi roubada do Hospital da Unimed de Jundiaí.

O medicamento, que custa R$ 15 mil estava sendo vendido por R$ 7 mil por uma farmácia do bairro da Penha.

Os policiais Eduardo, Ricardo e Rodrigo estão rastreando o destino dos medicamentos, de uma carga de R$ 600 mil. Ela foi levada em dezembro da unidade hospitalar do município.

O dono de uma farmácia do Rio de Janeiro esteve na delegacia e foi indiciado por receptação e falsificação de documentos, uma vez que tentou vender uma caixa do remédio para o próprio hospital de Jundiaí.

O comerciante disse aos policiais que adquiriu a caixa por meio de um representante do laboratório que distribui remédios contra o câncer.

Segundo o delegado Ruiter Martins da Silva, se somadas as penas o comerciante pode pegar até 20 anos de prisão.

Os investigadores vão buscar no Centro de Detenção Provisória (CDP) o ladrão que levou as caixas, para que ele diga quem foi o responsável pela aquisição do lote.

Outras caixas estão sendo rastreadas pelos policiais.