Vereadores discutem fim da porta giratória

Os vereadores de Jundiaí votam, nesta terça-feira, dia 14, a partir das 18 horas, o projeto de lei dos vereadores Gustavo Martinelli e Paulo Sérgio Martins, para acabar com as portas giratórias nas agências bancárias do município.

O projeto está tramitando na Câmara Municipal há cerca de um ano e vem recebendo resistência por parte dos bancários, que acreditam que vão ficar mais expostos aos criminosos.

Por outro lado, é grande o número de pessoas na cidade que é a favor do fim das portas. Os vereadores informam que os bancos já possuem sistemas mais modernos para garantir a segurança nas agências. O banco Santander, por exemplo, adotou um novo conceito e na Rua Rangel Pestana, no Centro, não possui portas giratórias.

Na cidade há muitas ações na Justiça de clientes contra os bancos, com indenizações entre R$ 5 mil e R$ 15 mil. Há também em todo o País casos de clientes que tiraram as roupas, para mostrar aos seguranças que não carregavam armas.

Pedido de adiamento
Em nota, o Sindicato dos Bancários de Jundiaí e Região informou que ambos os vereadores responderam à solicitação confirmaram que deverão adiar a votação, possivelmente para novembro deste ano. Antes disso, uma audiência pública deve ser realizada, na qual o Sindicato, trabalhadores, vigilantes e demais interessados possam opinar. Esse havia sido o compromisso dos vereadores quando houve o primeiro adiamento em 2018.