Mães reclamam de demora em atendimento

Algumas mães estão reclamando da demora no atendimento médico do Hospital Universitário de Jundiaí. Elas dizem que chegam a esperar até duas horas. Foi o caso de uma mãe que na segunda-feira (06) chegou a gravar todas as salas da recepção lotadas.

De acordo com a pediatra Ana Paula Felgueiras, diretora clínica do H.U., nesta época do ano, com a mudança de temperatura, ocorreram aumento de algumas doenças, como tosse, chiado no peito, gripe, febre, asma e bronquite, nas crianças. Desde o início do ano houve aumento de 2.500 crianças para os médicos plantonistas atenderem.

A médica pediatra orienta os pais a tomarem alguns cuidados com os filhos, como evitar locais fechados ou de grandes aglomerações. As crianças devem ser bem agasalhadas assim que começar a cair a temperatura. As mãos dos “baixinhos” devem ser lavadas sempre, para evitar que levem à boca qualquer coisa que possa causar doença.

Outros hospitais

O “Jornal da Região” também recebeu queixas de mães dos atendimentos no Hospital Paulo Sacramento, na Sobam/Amil e na Unimed, de demora para consultas das crianças.