PM flagra golpe no Bradesco

Policiais militares do 11° Batalhão de Jundiaí prenderam em flagrante um morador de Guaianazes, na Capital, praticando golpe do “chupa-cabra” na agência do Bradesco do Parque Eloy Chaves.

O preso tinha em seu poder chave de fenda e a relação das agências do Bradesco em Jundiaí. A delegada do Plantão da Polícia Civil incluiu outro golpe identificado do mesmo gênero pela Guarda Municipal, ao indiciado.

Os policiais apreenderam com o autor um cartão magnético que ele disse que ia sacar dinheiro. Porém, estava vencido desde 2016.

Com o preso foram encontrados dois cheques, sendo um de R$ 1.200,00 da empresa Praça Transportes em favor do cliente José xxxx e o outro de R$ 2.020,00, de Pedro xxxx em favor de Fátima xxxx.

Também havia envelope preso no caixa eletrônico que não foi processado no valor de R$ 600,00.

As vítimas devem procurar o 5° Distrito Policial no bairro do Eloy Chaves no período da tarde a partir desta segunda-feira ou o próprio Bradesco onde mantém conta, para verificar os procedimentos a serem adotados.

O golpista foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

A perita Carolina, do Instituto de Criminalística, esteve no Bradesco e comprovou a utilização de dispositivos para bloqueio dos envelopes de depósitos nos caixas eletrônicos.

Trabalharam na ocorrência do Parque Eloy Chaves o sargento da Polícia Militar, Martins, cabo J Carlos e soldado Alberto.

Guarda localiza “chupa-cabra” no Centro

Os guardas municipais do Apoio Tático, Matenauer, Pastrello e Braga, localizaram no banco Bradesco da rua Barão de Jundiaí um “chupa-cabra”, para bloquear depósitos efetuados por clientes. O encontro ocorreu no período da manhã.