Mutirão de Papanicolau tem boa adesão em Itupeva

A Prefeitura de Itupeva, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde realizou no último sábado (13), mais uma edição do Mutirão de Papanicolau. A ação ocorreu na Unidade Saúde da Família (USF) Rio das Pedras, das 7 às 15 horas, contando com a participação de pacientes que residem em diversas localidades da cidade.

Assim como em outros eventos do gênero, o prefeito Marcão Marchi reforçou a importância do mutirão em Itupeva. “Trata-se de uma ação fundamental, que visa informar e prevenir à população. Entendo que esse é o papel de um gestor, ou seja, zelar para o bem de todos, criando possibilidades e desenvolvendo ações efetivas”, declara Marcão.

Segundo a enfermeira da USF Rio das Pedras, Nathany Scandolera, o Mutirão de Papanicolau é fundamental, pois possibilita acesso e permite que às mulheres realizem o exame para prevenção do câncer de colo de útero. “Além do que, mulheres acima de 40 anos recebem guia para realizar o exame de mamografia e se prevenir contra o câncer de mama”, diz.

De acordo com a coordenadora de Atenção Básica, Teresa Cristina Betelli Piccolo, nesta edição foram realizadas 61 coletas de exame. “E o saldo foi positivo, tendo em vista a boa adesão ao evento. Afinal, nossa proposta é cuidar da mulher trabalhadora, que durante a semana não consegue estar na unidade de saúde, mas em uma ação assim comparece em peso”, afirma.

Teresa confirmou, ainda, que o próximo Mutirão de Papanicolau será na UBS Central de Itupeva, com data e horário a serem definidos.

Parceria
Nesta ação em específica, o Grupo Kolplast deu apoio para a Prefeitura de Itupeva e para a Secretaria Municipal de Saúde, a partir da doação de 65 kits Cellpreserv, para a realização do exame preventivo do câncer de colo uterino, com previsão de resultado três vezes mais rápido que o tradicional Papanicolau.

Além disso, o Grupo Kolplast – Cellpreserv informa que será responsável pelo custo do reprocessamento do exame.

Iniciativa aprovada
Quem compareceu à ação realizada no último sábado foi a moradora do bairro Rio das Pedras, Iraci Cândido do Couto, de 55 anos. Ela destacou a importância do evento. “Participar desta ação representa o cuidado com a saúde. Afinal, o exame de Papanicolau deve ser feito todos os anos”, detalha.

Outra moradora do mesmo bairro, Jailda de Jesus Almeida, de 40 anos, também aprovou o Mutirão de Papanicolau. “A ação realizada ao sábado permite a participação das mulheres, com pouco mais de calma, em virtude dos inúmeros afazeres ao longo da semana. Além disso, o exame de Papanicolau é muito importante e por isso aproveitei essa oportunidade”, confirma.

Segundo a secretária de Saúde, Lúcia Checchinato, o Mutirão de Papanicolau é fundamental para detectar a doença precocemente. “A fim de que a mesma seja tratada, garantindo maior eficácia no resultado”, diz.

Além disso, Lúcia agradece o apoio do Grupo Kolplast que está sempre preocupado em cuidar da saúde das mulheres.