Prefeitura de Jundiaí e Fumas são certificadas no Prêmio CIEE

Na última quinta (4), a Prefeitura de Jundiaí e a Fundação Municipal de Ação Social (Fumas) receberam a certificação “Melhores Programas de Estágio”, qualificada pelo Prêmio CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) como duas das melhores instituições para se estagiar no país. A seleção é feita de acordo com indicações dos próprios estagiários, que respondem questionários sobre os trabalhos e atividades desenvolvidas em suas rotinas diárias.

Realizada pelo Instituto Gallup, a pesquisa contou com a participação de 1.200 instituições brasileiras, entre categorias pública e privada. A premiação foi distribuída de acordo com a quantidade de estagiários do quadro de colaboradores: 5 a 9 e acima de 10 estagiários. “O Prêmio CIEE chega à sua 10ª edição e representa uma grande diferença tanto para a empresa, quanto para o estagiário, que sabe que essa instituição na qual ele está iniciando sua vida profissional será uma referência para o seu desenvolvimento”, ressaltou Humberto Casagrande Neto, superintendente geral do CIEE.

Em outubro do ano passado, data da inscrição, a Prefeitura contava com a colaboração de cerca de 140 estagiários de Ensino Médio, Técnico e Superior, em diversas Unidades de Gestão (com exceção da Educação). Para a gestora-adjunta da Unidade de Gestão de Administração e Gestão de Pessoas (UGAGP), Rosemary Simionato, a participação da Prefeitura contribui para o aprimoramento do programa. “Esta parceria com o CIEE está oficializada há mais de uma década. Precisamos nortear o futuro dos estudantes e o fortalecimento e reconhecimento do nosso programa de estágios só têm a contribuir para isso”.

Já a Fumas conta com 17 estagiários nas áreas de Arquitetura, Recursos Humanos, Engenharia Civil, Serviço Social, Administração e Direito. “O estágio é a porta de entrada para o mercado de trabalho e um importante convívio que representa a troca de experiências e vivências tanto dos que estão começando, quanto dos servidores que já estão na ativa”, destacou Solange Marques, superintendente da Fumas, lembrando que muitos dos estagiários que por aqui passaram, inclusive, despertaram o interesse em construir suas carreiras dentro da iniciativa pública. “Temos casos de pessoas que, durante a faculdade, fizeram estágio na Fumas ou na PMJ e hoje são servidores públicos. É muito gratificante ver que nosso programa de estágio proporciona aos universitários a possibilidade de colocar em prática muitas das teorias que são passadas em sala de aula”.

Conhecimentos para toda a vida
Prestes a encerrar seu ciclo depois de estagiar por dois anos na Fundação, a estudante de arquitetura Bárbara de Castro Lépore, conta que o período proporcionou uma série de desafios que acrescentaram aos conhecimentos obtidos durante o curso. “Fico muito feliz em poder participar deste momento porque aqui na Fumas aprendi muitas coisas que pretendo levar para toda a minha vida”, conta ela, que atua junto à Superintendência Adjunta de Políticas Habitacionais.

Já para Samanta Silva de Lima, o estágio também serviu para definir o rumo que pretendia dar em sua vida profissional. “Comecei meu estágio na Fumas em abril de 2018, como estudante de Administração. Iniciei em outro setor, mas fui transferida para o setor de Recursos Humanos, e me apaixonei tanto pela área que, mesmo depois de já ter feito um ano de Administração, optei por começar um novo curso do zero na área de RH. Me identifiquei completamente com a área e é neste setor que pretendo trabalhar quando me formar”, contou.

Para a cerimônia, realizada no Teatro CIEE, no bairro paulistano do Itaim Bibi, além da gestora-adjunta Rosemary Simionato, a PMJ também foi representada pela diretora Sivone Villela. Pela Fumas, a superintendente Solange Marques esteve acompanhada de representantes do RH, integrantes da Secretaria Executiva da Fumas e parte de seus estagiários.