Jundiaí tem mais um roubo a motorista de aplicativo

Jundiaí registrou mais um caso de roubo de carro de motorista por aplicativo. Já é o sétimo desde fevereiro deste ano. Todos os assaltos tem uma característica em comum: os pedidos de viagens são feitos por mulheres, mas normalmente aparecem três ladrões que praticam os crimes.

O motorista de um novo Voyage, de 38 anos, morador em Franco da Rocha, pegou um cliente em Perus. Ele pediu para transportá-lo para Jundiaí. Depois que o passageiro desceu o aplicativo apontou que uma cliente queria que fosse buscá-la na rua Luís Estevan de Siqueira, no bairro do Jardim Pacaembu.

O motorista foi ao local e ao chegar no ponto indicado apareceram três homens que mandaram levá-los até a região da antiga Ideal Standard, em uma rua escura e sem saída. Em seguida os supostos passageiros anunciaram roubo do carro e falaram “perdeu”.

Temendo pela sua vida, o motorista desceu do Voyage e saiu correndo. Os bandidos fugiram levando o veículo, de cor prata, placas FTY 1350, de São Paulo.

Outro Voyage

No dia 19 de março o motorista de um outro Voyage, modelo 2018/2019, morador na cidade de Louveira foi solicitado para levar dois clientes do McDonald´s da rua Vigário J J Rodrigues, na Vila Arens até a Vila Aparecida. No percurso foi anunciado o assalto e os bandidos levaram o carro, que não era da vítima.

Ford Ka

No dia 18 de março outro motorista recebeu pedido para buscar dois homens no bairro do Jundiaí Mirim. Lá, dois homens entraram no Ka da vítima e anunciaram assalto. A vítima conseguiu acionar a Polícia Militar que montou uma grande operação para tentar prender os criminosos. O carro foi parar na Vila Real, em Várzea Paulista. Os dois assaltantes foram presos em frente de uma tabacaria, onde havia dezenas de pessoas. Houve mobilização de equipes dos dois batalhões da PM na cidade. Os dois presos foram apresentados na Delegacia de Várzea.

O motorista que trabalhava honestamente para sustentar a sua família iria ter grande prejuízo com o roubo do carro. A Uber lamentou o fato e diz que vai sempre colaborar com as investigações policiais.

Mais quatro casos

Em fevereiro a Polícia Civil registrou mais quatro casos de roubos a carros de motoristas por aplicativos. Em um deles o motorista de 50 anos relatou que a passageira “Kelyane” solicitou carro de Uber para transporte na Vila Aparecida. Mas apareceram três homens que roubaram a vítima. O motorista de 50 anos passou mal e teve de ser socorrido pelo SAMU. Os bandidos fugiram com o carro da vítima.